Os conselheiros do Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Caçador (IPASC) estiveram participando, entre os dias 29 de julho e 2 de agosto, da 1ª Capacitação para Atuação de Conselheiros de Administração e Fiscalização do IPASC.

A capacitação, ministrada pelo auditor da empresa ICQ Brasil, Uira Alcides Gomes Rosa, foi abordada na prática para que os conselheiros se tornem ativistas na implantação de boas práticas na governança corporativa, além de ser uma troca de experiências e conhecimentos em temas relacionados à decisão e monitoramento feito pelo Conselho. Com isso, os participantes estão preparados para a atuação colegiada, baseada no bom relacionamento com as partes interessadas.

“O objetivo de oferecer a capacitação é que os conselheiros possam atuar com eficiência. Em uma perspectiva crítica, interdisciplinar e de modo pró ativo, democrático e ético. E assim, desenvolver um modelo de gestão de qualidade e referência para o Regime de Previdência dos Servidores Públicos. Contemplando as demandas dos servidores, aposentados e pensionistas de Caçador”, afirmou a presidente do IPASC, Elizabeth Olsen.

O IPASC vem implementando programas de melhores práticas institucionais para buscar o mais alto nível de excelência em gestão. Para alcançar o objetivo, vem desenvolvendo ações dentro de um planejamento de trabalho, que conta com a implantação de práticas de gestão e o desenvolvimento de seus servidores, conselheiros e demais parceiros, como a capacitação realizada.

“Foi muito importante participar da capacitação para entender a responsabilidade, complexidade e compromisso que os conselheiros devem ter no desempenho de suas funções que é representar os servidores e auxiliar na gestão do IPASC”, afirmou a vice-presidente do Conselho Administrativo, Odete Maria Rosseto Xavier Correa.

A iniciativa foi muito bem avaliada pelos conselheiros. “Acredito que a capacitação nos deixou ainda mais aptos para o cargo. Estaremos ainda mais próximos das exigências e representando de maneira adequada o Instituto”, destacou o conselheiro fiscal do IPASC, Vitor Hugo de Lima.