Tio é suspeito de abusar e agredir sobrinha na Vila Santa Catarina

A Polícia Militar de Caçador atendeu na noite desta quinta-feira (10), por volta das 21h20, uma ocorrência de suposta tentativa de estupro e violência doméstica tentada pelo tio e irmão de uma mulher na Rua Artur Trevisan, bairro Santa Catarina.

Segundo relato da Polícia Militar, ao chegar ao local, a viatura colheu informações de uma testemunha. Quando adentraram no lote da residência, os policiais se depararam com S.A.R.S, que estava deitada no chão, quase desacordada em frente à casa.
A vítima apresentava cortes no braço, sangramento no nariz e quase não respondia as perguntas feitas pelos PMs. Quando questionada, a mulher apenas murmurava "Meu tio Gonsalino me bateu, abusou de mim".
Ela de fato foi identificada depois como sobrinha de Gonsalino Fernandes Pontes. Vendo o estado em que a mulher se encontrava, os policiais acionaram os Bombeiros Voluntários para prestar socorro à vítima, sendo que a conduziram ao Hospital Maicé.
No interior da residência estavam Gonsalino e Sebastião Pilonetti, em visível estado de embriaguez. Ambos mantinham a porta da casa trancada, e gritavam "Não abro, não vou sair", entre outras frases.
Outra viatura prestou apoio aos policiais que após alguns momentos de diálogo, Gonsalino acatou o pedido das guarnições e abriu a porta, saindo da casa. Sebastião permaneceu sentado, balbuciando frases.
Os policiais então conduziram Gonsalino para a delegacia onde tomaram os procedimentos cabíveis. A testemunha também foi à delegacia para dar depoimento. No hospital, a vítima foi ouvida pelos policiais, onde, novamente afirmou que bateram nela, que colocaram o dedo em seu órgão genital, que tentaram enforca-la e abusaram dela, dessa vez mencionando Sebastiã, que também a agrediu.

O médico legista do Instituto Geral de Perícias (IGP) procedeu com o exame na vítima. Os policiais então retornaram à residência, de onde conduziu Sebastião à delegacia também para providências cabíveis. O caso foi entregue ao Plantão da Polícia Civil, onde deverão tomar as devidas providências. 

Com informações da Polícia Militar 
Foto: Internet/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.