Polícia localizada desmanche de veículo em terras disponibilizadas pelo Incra

Na manhã desta quinta-feira (10), a Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, deflagrou operação em um ferro velho clandestino localizado em um assentamento rural de Água Doce, para averiguar denúncias de possível comercialização irregular de peças automotivas e de posse de arma de fogo.

A investigação foi realizada por policiais da Delegacia de Água Doce e partiu de denúncias diversas advindas de pessoas que teciam comentários dando conta de que, no local, funcionava o comércio não regularizado de peças de veículos, o que motivou a polícia a representar por mandados de busca e apreensão em três residências e também no pátio onde ficavam depositados vários automóveis e motocicletas que, em tese, eram desmontados para a venda individualizada de peças automotivas, tudo de maneira clandestina.

Não obstante, o ferro velho funcionava em uma unidade agrícola disponibilizada pelo Incra, cujo objetivo precípuo é a exploração da agricultura local destinada ao sustento  familiar, tendo ocorrido, no caso concreto,  o desvio da finalidade,  já que os policiais não verificaram  indícios de agricultura de subsistência familiar, sendo o desmanche de veículos e a comercialização de peças a atividade desenvolvida no local.

Em um matagal próximo a uma das residências, foi encontrado um chassi de motocicleta, sendo que, ao consultar a numeração do chassi, constatou-se que se tratava de um veículo com registro de furto/roubo ocorrido na cidade de Catanduvas no ano de 2013. Diante dos fatos, a policia determinou a prisão em flagrante de Izael da Rosa, por crime de receptação.

Por se tratar de uma área física relativamente grande, a operação contou com policiais civis das Delegacias de Água Doce, Treze Tílias, Lacerdópolis, Erval Velho, Ibicaré e Capinzal, dos Setores de Investigação Criminal de Herval d ´Oeste e Joaçaba, da DIC de Joaçaba e também da Polícia Militar de Água Doce.



Polícia Civil
Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.