Tiro de Guerra de Caçador participa da Semana do Contestado

Em consonância com suas atribuições militares e se fazendo presente na comunidade, o Tiro de Guerra 05-006 participa das comemorações e atividades da Semana do Contestado em Caçador. Nesta sexta-feira (28) o grupamento visitou o Museu do Contestado. Com espírito patriótico e ávidos por conhecerem ainda mais a história da cidade e da região do Contestado, o pelotão de soldados sob as ordens do subtenente Sandro Marcos Jacyntho chegou cedo para uma aventura histórico-cultural no Museu do Contestado.

Recebidos pelo coordenador do Museu e historiador, Julio Corrente e pela museóloga Letíssia Crestani, os soldados fizeram uma viagem pelos tempos e espaços da história caçadorense e da região contestada, através do acervo do local. O interesse dos soldados ficou centrada na história da Guerra do Contestado, 1912 a 1916, exposta na Sala Guerra do Contestado. Grande foi a curiosidade dos soldados sobre a atuação, naquela época, do Exército Brasileiro e das polícias de PR e SC na região, que vieram para o meio-oeste catarinense conter os avanços dos sertanejos/caboclos que exigiam suas terras de volta. Fardamentos, armas e o modus operandi dos grupamentos militares da época chamaram a atenção dos atuais soldados. O vídeo sobre as causas e consequências da Guerra do Contestado também suscitou muitas perguntas e debates.

“O Tiro de Guerra 05-006 de Caçador, ciente de sua presença e força histórica na cidade e sempre parceiro da comunidade caçadorense, trouxe ao Museu uma geração valorosa que hoje serve a Pátria e colabora com a sociedade, mas que acima disso, está ciente de que sua formação complementar, também envolve cultura e história, e que como cidadãos conscientes têm papel de proteger e garantir os direitos e deveres da comunidade. O Museu do Contestado, parceiro nessa construção de militares cônscios e dedicados à cidadania e à cultura, agradece ao subtenente Sandro Jacyntho pela oportunidade de receber grupo tão especial, e pela participação na Semana do Contestado de 2016”, declara Julio Corrente.

ASCOM PMC
Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.