Quatro indiciados por roubo em ocupação do MST em Zortéia

Quatro integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) foram indiciados por roubo na ocupação da Fazenda Volta Grande, na comunidade de Volta Grande, interior de Zortéa. Um dos indiciados, A.C.S., de 39 anos, foi preso pela Polícia Civil de Campos Novos na tarde desta quarta-feira (03). Os outros três estão foragidos e vêm sendo procurados pela polícia. 


Foto: Rádio Atual FM/Divulgação
Em março de 2014, aproximadamente 80 famílias (400 pessoas), todas integrantes do MST, invadiram a Fazenda Volta Grande em Zortéa. Posteriormente, no dia 13 de dezembro de 2015, por volta das 14h, no interior da Fazenda Volta Grande, alguns integrantes do MST, conforme a polícia, mediante grave ameaça e uso de armas de fogo, roubaram dois tratores de propriedade do dono da área invadida.
Algum tempo depois, os tratores foram devolvidos ao proprietário, porém, diversas peças estavam faltando. No outro dia, em nova ação, os integrantes do MST, mais uma vez, mediante grave ameaça, ou seja, com emprego de armas de fogo e também armas brancas (facões e foices), levaram um trator de propriedade do município de Zortéa. Da mesma forma que a anterior, o trator foi restituído algum tempo depois, entretanto, somente em razão da intervenção de policiais Civis e Militares que estiveram no local.
Em razão desses fatos, foi instaurado um inquérito policial com o objetivo de apurar as condutas dos suspeitos que participaram das ações, sendo quatro indiciados pela prática dos crimes de roubo (por duas vezes). Além disso, representou-se pela prisão preventiva dos quatro indiciados, o que foi aceito pelo Poder Judiciário. Fonte: Rádio Atual FM, Fotos Atual FM e Rádio Capinzal. 
Foto: Rádio Capinzal/Divulgação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.