Mulher é sequestrada pelo ex-marido no bairro Martello

Uma ocorrência movimentou a Polícia Militar no início da noite desta quinta-feira (14), por volta das 19h15. Uma mulher de 36 anos foi coagida a entrar a força no carro do seu ex-marido, um homem com idade aproximada de 40 anos.

Segundo informações do atual marido da vítima, o ex-marido dela chegou na casa onde o casal vive com mais um jovem e obrigou ela a entrar no carro. Segundo ele havia junto com o ex-companheiro dela mais um rapaz e que o mesmo estaria armado.

Em seguida os dois homens e a vítima teriam saído em um GM Chevette em sentido ignorado. Após mais alguns minutos, o enteado da mulher ligou para o Centro de Operações da Polícia Militar e repassou as características dos homens e da vítima, assim como a cor do Chevette e que o mesmo seria da cidade de Lebon Régis.
Ainda segundo o jovem, o ex-marido de sua madrasta tem familiares em Lebon Régis e pelo rumo que o carro tomou ele acreditava que os mesmos poderiam estar seguindo para o município vizinho.
As guarnições da PM deslocaram sentido Lebon Régis e conseguiram abordar o veículo quando saída de um posto de combustível, localizado na saída de Caçador. Após efetuada a abordagem os policiais encontraram ainda no veículo mais um homem e outra mulher.
Todos foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil. Segundo informações que a vítima repassou aos policiais, seu ex-marido chegou em sua residência bastante agressivo e disse que ela teria três minutos para trocar de roupa e entrar no veículo.
Em seguida eles deslocaram sentido Lebon Régis. Ela disse ainda que no caminho ele e as outras pessoas em conversa no carro, falou que levaria ela até a cidade de Cruz Machado, no Paraná, cidade natal do homem.

Já na delegacia o atual marido da vítima disse aos policiais que a cerca de um mês ela teria registrado um Boletim de Ocorrência contra o ex-parceiro por ameaça. E que após isso o homem havia desaparecido de Caçador. Ele acredita que o ex-marido dela estaria planejando o sequestro da mesma.
A mulher que estava junto no veículo em uma ligação para familiares disse que teria vindo até Caçador com um dos homens para “fazer uma corrida” ao ex-marido da mulher sequestrada, mas que não sabia o motivo pelo qual estariam na delegacia.

Todos os envolvidos foram ouvidos pela Polícia Militar e o caso foi entregue ao Plantão da Polícia Civil para que tomem as devidas providências. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.