Crueldade - Filha mata a própria mãe por não querer cuidar da mulher


A Polícia Civil de Caçador prendeu na tarde desta terça-feira (14), uma jovem suspeita de planejar e matar a própria mãe no dia 03 de março deste ano. Elenir Aparecida Ribeiro, 45 anos, foi morta a base de remédios pela filha Valéria Ribeiro da Silva, 23 anos.
Valéria Ribeiro da Silva (filha)
Segundo informações do Delegado Regional, Fabiano Locatelli, a filha ainda contou com a ajuda do ex-namorado Leandro Matheus Alves Negretti, 24 anos, que é Personal Trainer em uma academia de Caçador e da prima Priscila de Fátima Ribeiro, 25 anos.
Ainda segundo o delegado, a filha utilizou um termogênico que contém Efedrina (suplemento que ajuda no emagrecimento e também usado em fármacos como descongestionante nasal, mas que em excesso causa morte). Já que Elenir era uma pessoa doente e necessitava de cuidados especiais era um incômodo para a filha, já que ela matou a mãe para se ver livre da responsabilidade de cuidar da mãe.
De acordo com as investigações, a filha conseguiu os medicamentos com a ajuda do ex-namorado que não aceitava que Valéria cuidasse da mãe e para reatar com o mesmo, a filha resolveu “se livrar” da mãe. Após ministrar a dose fatal, ainda assistiu a mãe agonizando por cerca de três horas.
Cerca de uma hora após a morte da mãe, Valéria acionou os Bombeiros, no intuito de forjar um possível socorro. Ela foi sepultada como se tivesse sofrido um infarto. A Polícia Civil não deu mais detalhes de como descobriu a autoria e que a mulher não havia morrido de causas naturais. Porém, os policiais conseguiram duas confissões, sendo que a filha, permaneceu em silêncio.
A polícia conseguiu a prisão preventiva dos três e durante esta terça-feira realizou as prisões.  Durante a manhã desta quarta-feira (15), o delegado irá realizar uma coletiva de imprensa para esclarecer todos os detalhes da investigação. Os três foram encaminhados ao Presídio Regional, onde permanecerão a disposição da justiça.
Leandro Matheus Alves Negretti
Priscila de Fátima Ribeiro (sobrinha)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.