Quinta negra para o crime - Polícia Civil realiza duas apreensões de armas e uma prisão de suspeito



Esta quinta-feira (28), foi bastante produtiva para a Polícia Civil de Caçador. Os policiais apreenderam armas, drogas e cumpriu mandado de prisão em desfavor de um jovem, suspeito de ter envolvimento com uma quadrilha que foi presa no final de março em operação nomeada como Operação Balaclava.
Na primeira ocorrência a Polícia Civil de Caçador após investigação de ponto de tráfico de drogas, chegou até um bar localizado no bairro Martello, onde localizaram pequena quantidade de drogas, um revolver calibre .32 além de R$ 2.500,00.
Esta operação rendeu na condução de três pessoas até a Delegacia de Polícia Civil, onde uma delas responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e outra por tráfico de drogas. A operação teve amparo do poder judiciário, que expediu os mandados de busca e apreensão.
Na segunda ocorrência, também após investigação de tráfico de drogas, desta vez em um sítio situado às margens da SC 135, também foi apreendido arma e drogas. Nesta ocorrência foram apreendidas duas armas longas, munições, cerca de 250g de maconha e lunetas.
Assista ao vídeo da hora em que o cão Apolo localizou a droga em meio ao milharal: 


Duas pessoas foram conduzidas para a DP onde um foi enquadrado no crime de posse ilegal de arma de fogo e outro pelo crime de tráfico de drogas. Nesta ocorrência a PC conseguiu localizar a droga grassas a ajuda de um cão Apolo, do canil de São Lourenço do Oeste. O poder judiciário também liberou mandados de busca e apreensão para este caso.


Armas e drogas foram encontradas
em um sítio que às margens da SC 135
Já a terceira prisão foi em desfavor de Alison Telles de Souza, o qual é apontado como suspeito de integrar uma quadrilha que atuava nos estados de Santa Catarina e Paraná. A Operação Balaclava, como foi batizada, culminou na prisão de 13 pessoas pelos crimes de roubo, furto, porte ilegal de arma de fogo, organização criminosa, e tentativa de homicídio. 
Alison é suspeito de integrar uma
quadrilha que foi presa no final de março

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.