Eficácia - PPT prende duas pessoas com cheques adulterados em Monte Carlo

Em rápida ação após ronda de rotina o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) do 15º Batalhão de Polícia Militar de Caçador, prendeu na tarde desta quarta-feira (27), duas pessoas suspeitos de prática de furto na região.

A alegação da dupla era de que eles comprariam
 um trator no município de Monte Carlo
Segundo informações da Polícia Militar, tendo por estratégia de ação a prevenção geral com a tática da repressão imediata através de ações e operações desenvolvidas por diversas equipes em toda área do 15º BPM, uma guarnição do PPT de Caçador, em rondas pelo município de Monte Carlo, suspeitou da atitude do condutor do veículo Fiat Palio placas de Gaspar, SC.

Neste momento os policiais resolveram abordar o veículo, momento em que o mesmo empreendeu fuga sendo iniciado acompanhamento e abordado nas proximidades do posto de combustível daquele município. Sendo que nesse momento o carona do veículo, posteriormente identificado como V.D.M, 34 anos, ao descer do veículo tentou evadir-se para o mato e ao ser abordado resistiu e investiu contra os policiais, sendo necessário uso moderado da força para contê-lo.

Também foi abordado o condutor do veículo, identificado como V.R, 38 anos, com o qual foi localizado uma chave "mixa" e no interior do veículo ainda foram localizadas cinco folhas de cheque do banco Itaú, todos preenchidos no valor de R$ 1.000,00 cada. Todas as cártulas apresentavam sinais de adulteração e assinaturas disformes. Bem como durante a entrevista, os suspeitos repassaram informações desencontradas acerca dos referidos cheques, como: procedência, origem, uso, recebimento, acrescentando que tentariam comprar um trator no município de Monte Carlo.

 Foi então que os policias procederam a condução dos mesmos até o destacamento de Polícia Militar daquele município, onde em contato com a agência bancária verificou-se que todos os cheques estavam cancelados. Também foi realizado contato com o proprietário dos cheques que não confirmou os valores e datas impressos nos documentos bem como declarou desconhecer o motivo dos mesmos estarem em poder dos conduzidos.

Por fim, foi dada voz de prisão aos abordados que foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Monte Carlo, onde o caso foi entregue ao plantão policial.

V.D.M, 34 anos
V.R, 38 anos











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavrões, ofensa moral, xingamentos ou que possa denigrir a imagem de alguém ou do blog não serão aceitos.